Pequenos minutos de fama

Nunca desejem que cupins infestem sua casa. É uma merda. É claro que vocês são pessoas com uma sanidade mental mais ou menos dentro do normal (a não ser que alguém aí seja um biólogo retardado estudando entomologia), então ninguém desejaria isso.
Mas, bem, eu tive que sair de casa por algumas horas, porque colocaram veneno e tal, e o cheiro no começo é forte pra caralho, então fui matar tempo no shopping.
Como não tinha quase porra nenhuma pra fazer lá, além de almoçar, fui jogar um Guitar Hero 2 pra passar o tempo. Eu tenho um pouco de prática no jogo, tenho o 3 em casa e a guitarrinha, portanto não é extramamente complicado jogar algumas músicas em níveis mais elevados (Hard e Expert). É claro que não sou daqueles fodões que jogam a música mais difícil do jogo na maior dificuldade, mas o importante é que eu consegui chamar atenção de algumas pessoas. Bastante até, já que eu estava no shopping em uma terça-feira de tarde.

Se você aí é daqueles caras que humilhavam nos jogos de dança (que não são mais tão populares) e faziam com que uma rodinha de pessoas ficasse ao seu redor, olhando você jogar, sabe como eu me senti. Não chegou a ter tantas pessoas assim me olhando (umas 6 ou 7 apenas), mas foi legal. Teve um hora que um grupo de pirralhos chegou perto e um deles disse: “Olha, ele está jogando no difícil!”. Foi aí que eu me senti o herói das criancinhas e fui embora pra casa convicto de que a vida faz sentido.

Mentira, foi porque o tempo tinha acabado mesmo.

Bem-vindos

Criei este blog com a intenção de que pessoas que não tenham muita coisa para fazer no momento possam dar uma rápida passada aqui e lerem alguns dos meus textos.

Na verdade, criei mais porque me deu vontade, mas vocês podem ler também.